Untitled Document

CUIDADOS COM A PRÓSTATA

As doenças da próstata atingem desde o homem jovem até o idoso, predominando a partir dos 50 anos. A principal destas doenças é o câncer prostático, pois além de ser altamente comum (1:4 homens aos 50 anos e 1:2 homens aos 80 anos), geralmente não apresenta nenhum sintoma. Devido a isto, cerca de 40% dos tumores só são diagnosticados quando a doença não é mais curável. Reside aí a grande importância do exame preventivo da próstata.

O exame preventivo tem por intenção o diagnóstico precoce do câncer prostático. Todos os homens acima de 45 anos de idade (40 anos para os com história familiar de CA de próstata) devem se submeter uma vez por ano a este exame. Só o diagnóstico precoce oferece a chance de cura para a doença.

O exame preventivo é composto por exames de laboratório (urina, PSA), ultra-sonografia da próstata e toque retal. Destes, os mais importantes são o PSA e o toque retal. Juntos, são responsáveis pela maioria dos diagnósticos precoces da doença. Em geral, o PSA é considerado normal quando seu valor é até de 2,5ng/dL, mas cada paciente deve ser avaliado individualmente, pois o valor absoluto de PSA pode variar de paciente para paciente. O toque retal é o exame físico da próstata. Pelo toque, o urologista pode através da sensação tátil, “sentir” a próstata e identificar o seu peso, sua consistência e se há áreas endurecidas ou nódulos em sua superfície.

Assim o urologista é o médico mais indicado para a realização do exame preventivo, pois somente este profissional tem a capacidade de avaliar em conjunto todos os sinais e sintomas apresentados pelos pacientes e correlacioná-los aos achados do toque retal e do PSA.



Home | Voltar

Untitled Document